Dez mil itens falsificados são apreendidos por Receita Federal em Feira de Santana


     Uma operação da Receita Federal, nesta quinta-feira (19), apreendeu dez mil itens, entre bonés, bolsas, acessório de celulares, avaliados em 100 mil reais. Os objetos eram comercializados por lojas de Feira de Santana e Salvador.

    De acordo com fiscais da Receita, a ação tem como objetivo tirar de circulação estes itens que promovem a concorrência desleal entre empresas e em alguns casos podem causar prejuízos para a saúde dos consumidores. 

    O auditor fiscal da Receita Federal, Joselito Correia, declarou em entrevista ao Acorda Cidade, que dez servidores da Receita Federal trabalharam na operação, sendo cinco deles, em Feira de Santana, e o restante em Salvador. Ele salientou também que depois de finalizada a fiscalização e a retirada dos produtos irregulares, a loja que apresentar documentação que comprove a compra das mercadorias poderá recuperar a mercadoria e funcionar normalmente. 

    “A loja que teve os produtos retidos depois da operação poderá abrir e comercializá-los. Não houve reação do proprietário da loja. Eles entendem que estamos fazendo o nosso trabalho, apenas. Não podemos deixar que esses produtos continuem sendo comercializados. A operação está transcorrendo de forma tranquila e serena”, concluiu. /Por: Divulgação/Receita Federal  Por: Redação BNews

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment