Leo Dias processa Anitta e pede indenização de R$ 142 mil


     No último dia 2 de novembro, Leo Dias protocolou na Vara Cível da Comarca do Rio de Janeiro, um processo contra Anitta. O jornalista aleag que a cantora espalhou mentiras ao seu respeito nas redes sociais, o que ocasionou diversos prejuízos, inclusive a perda de um emprego.

    Segundo a defesa de Dias, a funkeira cometeu os crimes de calúnia e difamação ao publicar uma série de vídeos em seu Instagram em 24 de maio acusando Dias de extorsão e ameaças. Na ação, os advogados do jornalista pedem um valor indenizatório de R$ 142,5 mil.

    "As ofensas feitas pela requerida [Anitta] ao requerente [Leo], em redes sociais, ofenderam a sua honra, sua dignidade e prossionalismo, o que gera direito à indenização por danos morais, já que o levou a experimentar dor e sofrimento íntimos, expondo-o também à formação de juízo comum diverso do que deveria ostentar, e pior o fez perder seu emprego no portal UOL, onde recebia o valor de R$ 47,5 mil mensais. Além de até hoje, quase seis meses depois, o requerente ser ofendido quase que diariamente em suas redes sociais por fãs da requerida", diz o processo.

    A indenização de R$ 142,5 mil é o resultado do valor do salário do jornalista multiplicado por três. De acordo com sua defesa, a perda do emprego no UOL provocou um prejuízo de três salários, sendo que ele deixou de receber duas mensalidades que eram previstas em seu antigo acordo de trabalho e mais uma mensalidade equivalente ao período que ficou desempregado --hoje ele é
    colunista do Metrópoles. Leo ainda pede uma retratação pública por parte de Anitta em todas as redes sociais, além da condenação da rival e a responsabilização pelo pagamento dos honorários advocatícios de sua defesa.

    Polêmica
    Os dois já foram amigos íntimos, mas a relação azedou de vez em 19 de maio, quando Leo publicou em sua extinta coluna no portal UOL um texto intitulado "Mãe de Anitta sai de casa por não concordar com 'vida louca' da filha", no qual relatou os supostos motivos que fizeram Miriam Macedo, mãe da artista, a deixar de viver com sua filha. A ação diz que Anitta classificou a manchete como "fake news", mas ela acabou desmentida pela própria mãe, que publicou um vídeo nas redes sociais confirmando que havia deixado de viver sob o mesmo teto que a filha.

    A briga incendiou os noticiários do entretenimento por dias, com direito a vazamentos de áudios em que Anitta mostrava-se ser uma informante de Leo. Nas mensagens gravadas pela funkeira havia uma série de críticas a grandes personalidades brasileiras, como Ivete Sangalo, Preta Gil, Marina Ruy Barbosa, Simone e Simaria, entre outros.

    Após uma sequência de vazamentos, Anitta veio a público em 24 de maio e acusou Leo Dias de praticar contra ela os crimes de ameaça e extorsão. Na interpretação de sua defensora, a advogada Halyne Marques, o jornalista foi vítima de calúnia e difamação. Ela sustenta essa tese com prints de conversas pelo WhatsApp em que os dois conversam tranquilamente a  respeito da vida alheia, em um tom aparentemente amistoso.  /Por: Reprodução / SBT 


      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment