Levantamento mostra que candidatos à frente nas pesquisas são os que mais receberam verbas do fundão


     Um levantamento de O Globo mostrou que os partidos têm segurado os repasses do fundo eleitoral para os candidatos mais bem avaliados nas  pesquisas, os que são classificados como capazes de fazer o investimento partidário valer a pena e não seguindo critérios isonômicos, de gênero ou étnicos.

    Dados apurando junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que 14 dos 20 candidatos que mais receberam verbas públicas estão na liderança da corrida eleitoral ou com chances de garantir uma das vagas para o segundo turno, segundo as últimas pesquisas divulgadas.

    As legendas repetem a mesma lógica que vigorava antes da proibição das doações de empresas — à medida que a campanha avançava, os candidatos mais bem posicionados na disputa tinham mais facilidade para conseguir recursos privados junto aos doadores.

    Até esta segunda-feira, o atual prefeito e candidato à reeleição em São Paulo, Bruno Covas (PSDB) era o maior recebedor de recursos públicos para a campanha. Ao TSE, sua candidatura informou repasses de R$ 10,8 milhões do fundo eleitoral. Covas está em ascensão nas últimas pesquisas divulgadas, tendo ultrapassado numericamente Celso Russomanno (Republicanos) após o início da campanha de TV.  /Por: Nelson Jr.AscomTSE  

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment