Salles exonera coordenador de fiscalização ambiental do Ibama


     O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, assinou a exoneração do coordenador-geral de Fiscalização Ambiental do Ibama, Walter Mendes Magalhães Júnior. A publicação foi publicizada pelo Diário Oficial da União desta quarta-feira (4).

    De acordo com informações do portal G1, Magalhães Júnior foi nomeado para a função em abril, após Renê Luiz de Oliveira deixar o cargo após reportagem do Fantástico detalhar uma megaoperação de combate ao garimpo ilegal no sul do Pará.

    À época, a Associação dos Servidores em Meio Ambiente criticou a demissão, dizendo que as “intervenções” de Salles feriam a autonomia dos institutos e que trariam impactos para o meio ambiental do País.

    Questionado sobre o motivo da exoneração, o Ministério do Meio Ambiente afirmou que "exonerações e nomeações fazem parte do cotidiano do órgão” e que a saída de Magalhães Júnior “foi uma decisão do chefe dele". O chefe era Eduardo Bim, presidente do Ibama.


    Por: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment