Senador é acusado de estuprar jovem de 22 anos em São Paulo


     O senador Irajá Silvestre Filho (PSD), filho da também senadora Kátia Abreu (PP), foi acusado de ter estuprado uma modelo de 22 anos. Um boletim de ocorrência foi registrado na madrugada desta segunda-feira (23), no 14º Distrito Policial de Pinheiros, em São Paulo (SP).

    De acordo com a acusação, a vítima teria conhecido o senador durante um almoço na tarde do domingo (22). Ela o acompanhou até uma casa noturna com mais um amigo do parlamentar, foi dopada, perdeu a consciência e acordou em um flat sendo abusada sexualmente por Irajá.

    No boletim de ocorrência, também é relatado que o senador cometeu o estupro sem fazer uso de preservativo. A vítima relatou que não resistiu ao abuso por conta de estar com medo de ser agredida. Após tentar de desvencilhar de Irajá por diversas vezes, a modelo conseguiu ir ao banheiro, alegando que estava passando mal, se trancou e começou a pedir socorro.

    “Ela mandou mensagem para mim, na madrugada, para a mãe dela, para os amigos. Essa amiga foi até o hotel e mandava mensagem para esse senador e ele falava que estava sozinho no hotel, que ela não estava com ele. Aí, o pessoal da recepção subiu. Ela estava completamente transtornada", disse um amigo da jovem

    A vítima neste momento encontra-se em um hospital da capital paulista para realizar exames que comprovem que a violência sexual e testes toxicológicos. A polícia esta em busca de imanges de câmeras de segurança do hotel e da casa norturno. O quarto em que aconteceu o abuso está sendo periciado. 

    O senador Irajá Silvestre Filho ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.



    Por: Edilson Rodrigues/Agência Senado  Por: Redação BNews

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment