Desembargadora mantém prisão de Marcelo Crivella no Rio de Janeiro



     A desembargadora Rosa Helena Penna Macedo Guita manteve o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), em prisão preventiva. A decisão ocorre após ela mesma ter determinado a prisão de Crivella, assim como o afastamento imediato dele do cargo de prefeito da capital fluminense. Ele seguirá para o presídio de Benfica, na Zona Norte da capital.

    Mais cedo, a desembargadora determinou a prisão preventiva por causa da possibilidade de o prefeito disputar o governo do Rio de janeiro em 2022. Segundo ela, isso poderia fazer com que os processos ilícitos continuassem.

    Além de Crivella, também foram presos o empresário Rafael Alves (suspeito de ser o chefe do esquema de propinas e irmão de Marcelo Alves, ex-presidente da RioTur), Mauro Macedo (ex -tesoureiro da campanha de Crivella) e o ex-vereador Fernando Moraes (também ex-delegado). Todos continuarão presos.

    Fonte: CNN

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment