Governo ofereceu ministério para republicano desistir da candidatura à presidência da Câmara


     Em troca de apoio ao seu candidato, o deputado Arthur Lira (PP), à presidência da Câmara dos Deputados, o Governo Federal  ofereceu um ministério para que o republicano Marcos Pereira desistisse da disputa. O deputado, que também preside o partido, anunciou nesta quarta-feira (16) que não era mais candidato e que o Republicanos apoiaria Lira.

    Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, Pereira garante que não foi procurado para tratar sobre o acordo.

    Na manhã de ontem, o republicano chegou a conversar com o presidente Rodrigo Maia (DEM), principal adversário de Lira e que tenta emplacar a sucessão, apesar de ainda não ter declarado qual o seu candidato. As tratativas, contudo, não avançaram. À tarde, após ouvir Arthur Lira, Marcos Pereira decidiu desistir de concorrer e pelo apoio ao pepista.  /


     Por: Redação BNews


      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment