Multinacional com unidade na Bahia é destaque em prêmio de melhor lugar para trabalhar no Brasil

     


    A indústria multinacional de manufatura têxtil Kordsa, que possui uma unidade no Polo Industrial de Camaçari, foi destaque no Prêmio Lugar Mais Incrível para Trabalhar no Brasil pelo segundo ano consecutivo. A companhia foi escolhida em uma pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Administração (FIA) em parceria com a UOL, da qual participaram empresas de diversos segmentos. 


    Com matriz na Turquia, a unidade baiana foi eleita devido às suas práticas inovadoras de gestão de pessoas, que contribuíram para a motivação e valorização de seus 410 funcionários. A empresa pesquisou formas para transformar os modelos de gerenciamento praticados pelo mercado e focou em um pensamento mais humanizado, com o incentivo ao plano de carreira, à indicação de mão de obra local e maior espaço para a liderança feminina, entre outras medidas. As consequências da mudança, iniciada em 2011, foram acompanhadas por pesquisas de clima organizacional como a Aon Hewitt, GPTW, FIA VOCÊ S/A, e FIA UOL, e a Kordsa conseguiu ir subindo nos rankings. 

     

    “Foi nesse contexto que as pesquisas de clima ganharam força e é onde começa uma nova história da Kordsa. A sua sede na Bahia vem há anos desenvolvendo a fórmula da felicidade. Trabalhar em uma fábrica é um desafio para alguns. As condições de trabalho são mais tradicionais e é necessário muito além de salários pagos em dia para redução do turnover. Imagine o que é necessário para que essas pessoas se sintam felizes? Nós traçamos um plano e fomos em busca do desenvolvimento dele, para o qual contamos com o engajamento de todos”, explica o diretor de RH&TI América do Sul da Kordsa, Luiz França. 

     

    Em 2019, a Kordsa foi escolhida como a Empresa do Ano e a Melhor Empresa para Trabalhar no Brasil pelo Instituto FIA e pela Você S/A. “Em 2020, o que ninguém havia previsto em seus cenários mais pessimistas caiu como uma tragédia viral em todo o planeta. A Kordsa, assim como todas as empresas do mundo, teve que se reinventar e criar uma nova forma de se relacionar com suas pessoas, fazendo com que elas não perdessem a paixão, o envolvimento, o engajamento e sim, se mantivessem felizes e conectados”, acrescenta Luiz França. Diante do novo cenário, a empresa optou por um trabalho de apoio e acompanhamento aos seus colaboradores com treinamentos e lives, brindes. 

    Por: Redação BNews

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment