PROUNI e FIES terão três processos seletivos em 2021; confira datas

     


    O presidente do Inep informou que o PROUNI e o FIES terão inscrições nos meses de janeiro, abril e no segundo semestre de 2021. Isso irá acontecer devido à pandemia de Covid-19, e as alterações no calendário acadêmico.

    O calendário do PROUNI e do FIES foi divulgado no dia 4 de dezembro e trouxe algumas informações que deixaram os estudantes confusos. As inscrições para os programas de acesso as universidades particulares estão marcados para janeiro.

    O problema é que esses programas usam as notas do Enem, porém, devido à pandemia, a edição de 2020, que ocorreria em novembro, foi adiada para janeiro de 2021.

    Diante disso, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, esclareceu que haverá uma edição a mais dos dois programas em 2021, marcada para o mês de abril.

    É importante lembrar que o Prouni e o Fies já possuem dois editais por ano, sendo um no primeiro semestre e o outro no segundo semestre. Com isso, os estudantes encontrarão três possibilidades de ingressar no ensino superior.

    A edição de abril permitirá usar a nota do Enem 2020, que tem a data prevista para a divulgação do seu resultado no dia 29 de março. Com isso, os estudantes poderão se adequar ao processo seletivo da universidade que deseja ingressar.

    Segundo o presidente do Inep, os estudantes que irão usar o Enem para ingressar nas instituições públicas e federais não terão problema com a divulgação do resultado no mês de março, pois, as aulas nessas instituições começam após esse momento.

    O problema é que as instituições privadas, que fazem parte do ProUni e Fies, iniciam o ano letivo em fevereiro. Diante disso, os estudantes que irão usar a nota do Enem 2020 só poderiam ingressar em maio, ou seja, apenas no segundo semestre.

    Pensando nisso, o Inep elaborou esse outro edital, com inscrições em abril, e que poderão usar as notas do Enem 2020. Ele servirá para as instituições que tiverem o início das aulas do primeiro semestre adiadas.

    Além disso, Lopes não descartou a possibilidade de também fazer um terceiro edital do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em 2021, caso haja necessidade. Portanto, essa decisão será tomada conforme o decorrer do processo.

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment