Internado há um mês, Genival segue em estado grave na UTI sem perspectiva de alta



     Internado há mais de um mês devido às complicações causadas pela Covid-19, o artista paraibano Genival Lacerda teve uma piora no quadro clínico nessa segunda-feira (4) e se mantém em estado grave. O cantor de 89 anos está em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Unimed I, na Ilha do Leite, na área central do Recife.

    O artista está há 36 dias em acompanhamento médico na unidade hospitalar e 34 dias na UTI com respiração mecânica. De acordo com nota enviada pela assessoria de imprensa, Genival está fazendo uso de drogas vasoativas e antibióticos, ainda sem perspectiva de alta do setor.

    Segundo o médico Bruno Grangeiro que está acompanhando o cantor, a situação é delicada porque o artista é um paciente com uma idade avançada e com a saúde comprometida devido a problemas anteriores como o AVC, o que agrava o quadro clínico. “Genival segue com uma infecção nos pulmões da sequela da Covid-19, o que está oscilando a todo momento o seu quadro clínico”, explica.

    Em maio de 2020, o músico foi internado no Hospital de Ávila, na Zona Norte do Recife, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC). Natural de Campina Grande, na Paraíba, o artista mora no Recife há mais de 25 anos e já recebeu títulos de cidadão recifense (2016) e pernambucano (2011), pelos serviços prestados à cultura do munícipio e do estado. Lacerda tem mais de cinco décadas de carreira e é autor de músicas como Severina Xique-Xique, Rock do jegue e A radiola.

    Fonte: Diário de Pernambuco

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment