Trump afirma que “não vai ceder” à vitória de Biden: “Vamos lutar até o final”



     O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a dizer que não reconhece a vitória de Joe Biden nas eleições americanas. “Não, não. Não vou ceder (à vitória de Biden)”, afirmou Trump durante um comício no estado da Geórgia nesta terça-feira, 5.


    Trump também  criticou o trabalho do secretário de estado da Geórgia, Brad Raffensperger, a quem pressionou, em um telefonema vazado pelo jornal The Washington Post, para que encontrasse os votos “necessários” para anular a vitória de Biden no último novembro. ]


    A Geórgia é um dos vários Estados decisivos onde Trump perdeu a eleição de 3 de novembro para Joe Biden e onde o presidente desde então fez alegações infundadas de fraude eleitoral e tentou anular os resultados.


    Eleitores da Geórgia definem nesta terça, em segundo turno, duas vagas que faltam ser preenchidas no Senado norte-americano. Enfrentam-se dois candidatos democratas e dois republicanos.


    Trump pediu a apoiadores que votassem no pleito que definirá qual partido irá comandar o Senado. “Não levarão esta Casa Branca. Vamos lutar até o final”, emendou Trump.


    Fonte: A Tarde

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment