Coletivo feminino de samba faz live em homenagem a Iemanjá e para ajudar pescadores do Rio Vermelho


     Devido à pandemia, o dia 2 de fevereiro, data muito festiva na Bahia, precisou ser adaptado, e a tradicional festa de Iemanjá não aconteceu como de costume. No entanto, as saudações à Rainha do Mar continuam presentes. Como homenagem, Sambaiana, coletivo feminino de samba, realiza nesta terça-feira (2), uma live especial, a partir das 17h, direto do seu estúdio, localizado no Rio Vermelho, coração da celebração.

    A transmissão será realizada pelo YouTube, no canal do coletivo, que é formado por Marília Sodré (violão e voz), Ju Moraes (voz), Grace Kelly (voz e percussão), Rayra (voz e cavaco), Marcinha BB (percussão) e Lalá Evangelista (percussão). A live também vai contar com um QR code especial da campanha criada pela fotógrafa Amanda Tropicana, que visa arrecadar fundos para os pescadores da Casa do Peso (mesmo local onde fica a Casa de Yemanjá) que vem sofrendo impactos financeiros por conta da pandemia da Covid-19./Por: Divulgação 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment