Defesa de Lula recorre ao STJ para usar mensagens da Vaza-Jato em caso do sítio de Atibaia


     A defesa do ex-presidente Lula solicitou ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) a suspensão do processo contra a sua condenação no caso do sítio de Atibaia, com base nas novas provas obtidas pelo acesso às mensagens da Vaza-Jato.

    Segundo os advogados, o material obtido pelos hackers e apreendida pela Polícia Federal comprovam a parcialidade da juíza Gabriela Hardt, autora da sentença da condenação do petista.

    A defesa cobra ainda a extensão do prazo para que consiga apresentar o material da Vaza-Jato e as conversas que já foram mostradas ao STF.  /Por: Ricardo Stuckert/PT 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment