Deputada pede a Rui Costa para liberar delivery durante toque de recolher na Bahia


     A deputada estadual Talita Oliveira (PSL) apresentou, na tarde desta quinta-feira (18), um Projeto de Indicação contra as medidas do governo da Bahia no toque de recolher anunciado no início desta semana. Dentre elas, está a proibição de serviços delivery por restaurantes e bares a partir das 22h.

    Para a parlamentar, o impedimento, além de não ajudar em nada no combate à pandemia, irá "destruir ainda mais a economia do estado, sufocando o empreendedorismo". "A população tem necessidades, governador. Talvez do alto do Palácio de Ondina e recebendo em dia não consiga dar conta", declarou.

    "O governador do PT já entregou a educação da Bahia nas mãos dos sindicatos e agora quer tirar o sustento de quem já está desempregado, quer pintar de vermelho a economia do estado", acrescentou Talita.

    Em seu texto, a deputada lembrou que tal medida poderá “ocasionar maior aglomeração de entregadores e clientes no período limitado de funcionamento”.

    O toque de recolher valerá para 343 cidades baianas. A lista de municípios foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta (17). A medida passa a valer a partir de sexta (19) e, inicialmente, irá durar sete dias.   /Por: GOV/BA 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment