Em reunião com Bolsonaro, Lira diz que Câmara deve confirmar prisão de deputado bolsonarista


     O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ) deve ser mantida pelo plenário da Casa. Silveira foi preso nesta terça-feira (16) após uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

    A decisão do ministro foi referendada pelo plenário do Supremo. O parlamento foi preso por diversas ofensas a magistrados, além de ameaçá-los e defender a ditadura militar em um vídeo.

    Havia uma preocupação, por parte da equipe do presidente, de que a crise gerada com a prisão de Daniel Silveira paralisasse o andamento de projetos considerados prioritários pelo Executivo, como a PEC emergencial, a aprovação do orçamento e a reforma administrativa, contudo Lira garantiu que as pautas não serão afetadas.  /Por: Luís Macedo/Câmara dos Deputados 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment