Funcionários da Ford retornam ao trabalho na fábrica de Camaçari


     Cerca de 700 funcionários da Ford retornam aos postos de trabalho, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, nesta terça-feira (23). Uma pequena parte do grupo de trabalhadores voltou ainda na segunda-feira (22).

    Na última quinta (18), o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) determinou que os funcionários demitidos da montadora retornassem aos postos de trabalhos. 

    LEIA TAMBÉM:  Acampados na frente da Ford, em Camaçari, funcionários relatam incertezas um mês após anúncio do fechamento da fábrica

    O acordo é de que as negociações diretas entre as partes serão realizadas durante o prazo de 90 dias, com a garantia de salários para todos trabalhadores que forem ou não convocados para o trabalho.

    Liminar

    A Ford derrubou no último dia 13 uma liminar que impedia a demissão em massa dos empregados até que as negociações com o sindicato fossem exitosas. Com a decisão, a montadora teve a liberação para demitir os funcionários da empresa após o esgotamento dos meios de conciliação.

    A decisão do desembargador do Trabalho Edilton Meireles de Oliveira Santos, a qual o BNews teve acesso, concede a medida liminar “para que se interprete a ordem de abstenção ‘de promover dispensa coletiva de trabalhadores até logre êxito a negociação coletiva para tal com a entidade sindical profissional, devendo todas as possibilidades serem analisadas e discutidas’ no sentido de que a empregadora deve se abster de dispensar coletivamente os empregados até o encerramenro da negociação coletiva respectiva (tenham ou não chegado a qualquer consenso)”, diz um trecho da decisão.

    Redação BNews

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment