Populares depredam casa da família de menino acorrentado em tambor no interior paulista


     Após o caso de um menino de 11 anos que foi encontrado em situação de maus tratos por estar acorrentado a um tambor em Campinas, interior de São Paulo, a residência que ele vivia foi depredada por populares. Imagens captadas pela TV Record mostram móveis e eletrodomésticos destruídos nas áreas internas da casa. 


    O menor vivia nessas condições há pelo menos sete anos quando foi adotado por um casal, conforme apurado pelo Portal Uol, aos policiais, um dos responsáveis pela vítima, relatou que o menino era filho de uma mulher, usuária de drogas, com quem ele teve relação. A criança foi acolhida pelo suposto pai e a sua atual esposa após ser abandonado pela mãe biológica, mas um teste de DNA teria atestado a falsa paternidade. 

    O menor já está se tratando em um hospital após ficar em estado de desnutrição com 25 kg, taxa ideal para uma criança quatro anos mais nova. O pai, a madrasta e a filha dela foram presos em flagrante.  /Por: Reprodução/ Youtube

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment