Vale firma acordo de reparação de Brumadinho no valor de R$ 37,7 bi


     O governo de Minas Gerais e a empresa Vale assinaram um acordo global nesta quarta-feira (4/2), durante uma audiência no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que prevê que a mineradora arque com a reparação integral dos danos ambientais e sociais decorrentes do rompimento da barragem B-1, em Brumadinho. A empresa terá que desembolsar pelo menos 37,7 bilhões. 

    O acordo firmado inclui projetos de demanda das comunidades atingidas, programa de transferência de renda à população atingida e projetos para Brumadinho e demais municípios da Bacia do Paraopeba. A tragédia aconteceu no dia 25 de janeiro de 2019 desencadeando uma onda de lama que destruiu casas, vegetações e matou 270 pessoas.

    “A Vale está determinada a reparar integralmente e compensar os danos causados pela tragédia de Brumadinho, e a contribuir, cada vez mais, para melhoria e desenvolvimento das comunidades em que atuamos. Confiamos que este acordo global é um passo importante nessa direção. Sabemos que temos um caminho a percorrer e seguimos firmes em nosso propósito, alinhado com nosso Novo Pacto com a Sociedade”, afirma o diretor-presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo.   / Por: Divulgação/ Vale 

      Comentário do Google+
      Cometários do Facebook

    0 comentários:

    Post a Comment